Cerveja Caseira e Artesanal CHMOD 777



CHMOD 777 é a referência ao sistema de arquivos do LINUX onde o arquivo tem todas as permissões, e é o que temos quando estamos bebendo uma cerveja no fim da tarde com os amigos, todas as permissões.

É uma cerveja caseira e artesanal desenvolvida com base em experiências e ajustes que acabaram por criar um paladar único. A Cerveja CHMOD 777 não se insere nas receitas tradicionais, sendo única e sem igual no mercado porém contendo todos as tecnicas e características da produção de uma cerveja artesanal.

Só provando para entender do que estamos falando.

Uma cerveja caseia e artesanal é bem aceita em qualquer evento, não só por ser moda, mais porque o paladar diferenciado aumenta muito o prazer de beber uma cerveja.

Tenha sempre em casa a Cerveja CHMOD 777 e valorize aquele momento mágico de tomar uma cerveja no fim do dia ou em um evnto especial que pede algo especial.

Dê um CHMOD 777 na sua vida de vez em quando e libere-se das pressões do dia a dia.

Cerveja Artesanal, Especial, Premium ou Gourmet

American Lager é o nome técnico daquelas cervejas de sabor massificado que no Brasil se chama de “tipo Pilsen”. Elas têm cor amarelo-palha, com aromas tímidos de malte e quase nada de aroma e amargor dos lúpulos. São cervejas muito fáceis de beber e baratas de se produzir, dois fatores fundamentais para a sua popularização e eventual domínio do mercado cervejeiro mundial, reduzindo as cervejas tradicionais – produtos carregados de história e de enorme variedade sensorial – em uma bebida meio sem graça, para se beber em quantidade e sem muita atenção.

Mas as dezenas de outros estilos de cerveja continuaram vivos e, especialmente a partir dos anos 1970 nos EUA e mais recentemente aqui no Brasil, estão voltando aos copos e taças dos consumidores.

São estas cervejas que se convencionou chamar de “cervejas artesanais”, também chamadas de “especiais”, “premium” ou “gourmet”. São cervejas produzidas com foco na variedade de cores, aromas e gostos, utilizando técnicas e receitas tradicionais. São produtos gastronômicos, que harmonizam com os mais diversos pratos, assim como o vinho e outras bebidas. Quase sempre são produzidas em pequenas quantidades, por empresas familiares, que atendem principalmente a região onde estão inseridas, fortalecendo a economia local e gerando empregos.

E quanto ao consumo em quantidade? Alguns podem pensar que, pelo fato de muitas das cervejas artesanais terem teor alcoólico mais elevado que as cervejas massificadas (mas isso não é uma regra!), o abuso de álcool seja ainda maior. Mas o contrário acontece. Como estamos falando de um produto gastronômico, com intensidade e complexidade sensorial, bebe-se com mais atenção e em menor quantidade. As próprias cervejarias, bares e lojas especializadas promovem o lema “Beba menos, beba melhor”. E ainda existem diversas cervejas artesanais com baixo teor alcoólico, como as Berliner Weisse e Session Beers.

Fonte: Mestre Cervejeiro .com